As sequelas do traumatismo craniano: como recuperar o cérebro lesionado

87
81917

Os sobreviventes do traumatismo craniano podem apresentar sequelas, em outras palavras, deficiências e incapacidades temporárias ou permanentes, interferindo na capacidade do indivíduo de desempenhar suas funções habituais.

Mas, será possível recuperar totalmente um cérebro danificado?

sequelas-traumatismo-craniano-tce

Antes de seguirmos adiante e discutirmos pontos importante sobre as sequelas desse tipo de traumatismo, cadastre seu email para receber conteúdo exclusivo sobre o cérebro e a mente:

Digite seu email aqui ↓
Email *

É grátis!

Continue a leitura.

É possível recuperar um cérebro lesionado?

Uma vez superados os eventos ocorridos na fase aguda de um traumatismo cranioencefálico (TCE) e que concorriam para risco de morte, inicia-se uma nova fase no seguimento dos pacientes acometidos por essa doença tão impactante do ponto de vista médico e social.

As vítimas que sobrevivem ao TCE podem apresentar deficiências e incapacidades que são temporárias ou permanentes, interferindo na capacidade do indivíduo em desempenhar suas funções habituais.

Podemos didaticamente subdividir as sequelas neurológicas pós-traumáticas em objetivas ou subjetivas, ou ainda em físicas, cognitivas ou comportamentais/emocionais, todas relativamente frequentes, em maior ou menor grau.

Não podemos esquecer que o doente não é o único a sofrer, mas também a família e os cuidadores. Vários estudos científicos já demonstraram as consequências negativas do cuidado intensivo dedicado pelas pessoas mais próximas. A depressão é uma das principais.

Quais as sequelas neurológicas objetivas?

As incapacidades objetivas consequentes ao TCE são diversificadas, podendo ser precoces ou tardias. Os déficits neurológicos assumem aspectos variados, e podem ser melhor determinados durante o exame médico, quando e se o paciente recuperar parte do nível de consciência.

Dependendo da área cerebral afetada, temos os déficits de força, acometendo por exemplo um único membro do corpo (monoparesia, se parcial, monoplegia, se completa), braço e perna do mesmo lado (hemiparesia/hemiplegia), pernas (paraparesia/paraplegia) ou todos os quatro membros (tetraparesia/tetraplegia).

A perda da fala (afasia) ou alteração dela (disfasia) pode suceder lesões da convexidade cerebral esquerda em alguns pacientes. Temos os déficits de sensibilidade (parestesias, anestesias), do equilíbrio, da marcha, da coordenação. Também os déficits relacionados à programação de atos, conhecidos como apraxias.

Por fim, lesões de nervos cranianos específicos, muitas vezes decorrentes de fraturas, inchaço cerebral ou hematomas, podem ocasionar perda do olfato, cegueira, estrabismo, surdez, vertigens (tonturas) ou paralisia de um lado da face.

Para saber mais a respeito das fraturas cranianas, recomendamos este artigo.

Epilepsia e comprometimento do QI

Crises epilépticas pós-traumáticas acometem cerca de 5% dos indivíduos, e costumam ser mais persistentes quando há lesão cerebral identificável. Em alguns casos, há disfunção da circulação do líquido cefalorraquidiano que preenche as cavidades cerebrais, produzindo hidrocefalia; os sintomas variam desde vômitos, cefaleia (dor de cabeça), confusão mental, sonolência, ao coma. Até mesmo aneurismas cerebrais (dilatações das artérias) e fístulas (conexões anormais entre os vasos sanguíneos) são descritos.

As alterações da cognição, ou do raciocínio, frequentemente incluem diminuição da memória, dificuldade de atenção e aprendizagem. Como qualquer área do cérebro pode ser afetada, qualquer tipo de alteração neuropsicológica pode ser observada. Dificuldades na linguagem, leitura, escrita, percepção espacial e inclusive problemas no reconhecimento do próprio corpo.

sequelas-neurologicas

Quais as sequelas neurológicas subjetivas?

As sequelas neurológicas subjetivas dizem respeito aos fenômenos funcionais, e ocorrem em cerca de 35 a 40% dos pacientes. Cefaleia pós-traumática é uma doença crônica, pode ser referida no local do impacto ou ser difusa. Mesmo traumas leves podem causar esse tipo de dor de cabeça e distúrbios do sono. Sensações vertiginosas mal definidas, associadas com palidez, sudorese, sensação subjetiva de desequilíbrio, podendo evoluir para desmaios… o número de sequelas difíceis de determinar é grande.

Em pacientes sequelados graves, um maior grau de disautonomia pode fazer com que a sudorese venha acompanhada de aceleração dos batimentos cardíacos, hiperextensão automática dos membros e até febre, mesmo sem evidência de infecção no organismo.

As alterações comportamentais e emocionais são a perda de autoconfiança, comportamento infantil, motivação diminuída, e mais comumente, irritabilidade e agressão. Alguns indivíduos queixam-se de intolerância ao barulho e fadiga aumentada para as tarefas do dia a dia, tanto físicas quanto intelectuais. Há, com frequência, elementos de um transtorno depressivo instalado ou iminente.

Quais pacientes têm mais chance de sequelas?

As consequências finais de um traumatismo craniano podem ir desde a recuperação completa até a morte. Existe ainda, num espectro de maior gravidade, o estado vegetativo persistente, caracterizado por um estado prolongado de inconsciência, acompanhado de ciclos quase normais de vigília e sono, e que constitui a consequência mais grave não fatal do TCE.

A explicação médica para tal condição é a destruição das porções cerebrais superiores envolvidas com as funções mentais sofisticadas, poupando as atividades do tálamo e tronco cerebral, particularmente os ciclos sono/vigília, a regulação da temperatura corpórea, a respiração e a frequência cardíaca. Pacientes vegetativos podem permanecer estáveis durante anos, beneficiando-se do suporte clínico atualmente disponível.

A expectativa em relação às sequelas é sempre um dos primeiros questionamentos da família, o que nos instantes iniciais é uma tarefa difícil. Alguns parâmetros, como a extensão da lesão aos exames de imagem, focais ou difusas, o escore na Escala de Coma de Glasgow (ECG) à admissão (escala que estima o nível de consciência, avaliando as respostas verbal, motora e a abertura ocular), a duração da amnésia pós-traumática, a resposta inicial ao tratamento, lesões associadas, idade, doenças associadas e o tempo levado para as intervenções clínicas e cirúrgicas são fundamentais para se determinar aproximadamente a evolução do caso.

De maneira geral, e baseado na ECG, o TCE grave (ECG de 3-8) geralmente cursa com mortalidade na fase inicial de mais de 50% e, dentre os sobreviventes, 30% tem uma recuperação regular ou boa após 6 meses. O TCE moderado (9-13) tem mortalidade menor que 10% e muitos pacientes evoluem apenas com sequelas leves. Por último, o TCE leve (ECG de 14-15) raramente resulta em morte e o paciente geralmente é capaz de retomar a vida normal.

sequelas-neurologicas-tce
A Escala de Coma de Glasgow é mundialmente utilizada para examinar o nível de consciência em pacientes que sofreram traumas cranioencefálicos. O instrumento é simples, rápido e de fácil aplicação.

Escalas de avaliação como a Escala de Resultados de Glasgow (Glasgow Outcome Scale) e a Escala de Avaliação de Deficiência (Disability Rating Scale), além de uma série de testes neuropsicológicos, são os instrumentos de maior valor científico na avaliação da capacidade funcional neurológica das vítimas de TCE com o passar dos meses decorrido o trauma.

Como é a recuperação do cérebro lesionado?

Atualmente, é consenso que o cérebro tem uma boa capacidade de recuperar-se mesmo que parcialmente quando sofre traumatismos. Esta recuperação será tão maior quanto menos grave for a lesão sofrida, dependendo da extensão e dos locais do cérebro lesionado. Após a resolução das urgências clínicas e neurológicas que ocorrem nas fases iniciais do TCE, o cérebro está “pronto” para iniciar o processo de recuperação, através de mecanismos ainda não totalmente esclarecidos.

Áreas não lesadas podem exercer funções de áreas lesadas, conexões perdidas podem se restabelecer, por meio de um fenômeno conhecido como plasticidade neuronal, e pode ocorrer também reorganização de neurotransmissores, substâncias químicas secretadas no cérebro.

A reabilitação precoce é o tratamento com evidência incontestável de benefício. Estudos atuais têm buscado alternativas complementares de reabilitação neurológica para pacientes selecionados, como é o caso da implantação de micro-estimuladores neurais por meio de técnicas neurocirúrgicas, ainda em fase experimental.

Gostou do artigo? Cadastre seu email para receber mais artigos atualizados sobre a mente e o comportamento humano:

Digite seu email aqui ↓
Email *

100% seguro!

Até a próxima!

Referências: (1) Melo-Souza, Sebastião Eurico de. Tratamento das doenças neurológicas. 2 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008 e (2) Cambier, Jean. Neurologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.

87 COMENTÁRIOS

  1. BOM DIA SOFRI UM ACIDENTE DE TRABALHO POIS TRABALHO COM INTERNET E AO SUBIR NO POSTE DE LUZ PARA MONTAR REDE DE FIBRA OPTICA TOMEI UM CHOQUE ELETRICO E CAI NO CHAO, QUEBREI A CABEÇA EM 3 LULARES, CLAVICULA DIREITA, 3 VERTEBRAS, 3 COSTELAS DO LADO DIREITOS A 5 6 7 E O PE ESQUERDO ONDE FOI DESCARREGADA A ENERGIA TBM TEVE LESAO MEUS PULMOES E RINS E AGORA JA ESTOU EM CASA MAS CINTO MUITAS TONTURAS E TREMORES NOS BRAÇOS E FORMIGAMENTOS E MAOS VENHO PERGUNTA O QUE A COMIGO POIS EXPLICO AOS MEDICOS E ATE AGORA NAO TIVE RESPOTA DESDE JA AGRADEÇO

  2. Boa tarde ,meu marido sofreu um acidente de carro ficou 4 dias na UTI e 10 dias no quarto,não foi preciso entubar,nem ir para o respiratório o rins sempre funcionou bem a pressão sempre boa ,então pegamos alta pra casa,mais ele conhece todo mundo conta coisas que já passou,parece até que tá normal,mais tipo assim ele esquece, diz que fez algo que não fez,diz que passou o dia na casa de alguém pois não foi lá,diz que já banhou sendo que nao,quando agente fala que não foi desse jeito ele fica irritado e diz que foi e tem que ser do jeito dele,quero saber se é normal se ele volta a ficar normal logo ou isso pode ser demorado e como lidar com essa situação eu concordo com ele ou disconcordo??

  3. Boas…..a todos,
    Tive um acidente automóvel em Setembro 2013 minha filha de 20 anos faleceu eu tive um (TCE) bacia partida, os organs, estômago, fígado, intestino grosso, vieram para cima do pulmão direito. Nao tive lesões físicas aparentes, perdi o equilíbrio, tive dificuldade em respirar, estou com incapacidade física de 87% actualmente encontro-me em casa na reforma, pois tive o acidente com 62 anos, nao me deram a invalidez obrigarão-me air para a reforma. Na fisioterapia recuperei muito, em Espinho, 15 dias no Monte-pio Gaia (não aconselho) depois 5 meses no Rovisco Pais na Tocha, (muito bom) e por fim em Valadares, no centro de reabilitação do norte, (5 estrelas) bom,mas nao vim aqui dar notas! Actualmente tenho falta de equilibro consigo caminhar mal mas tenho uma dor no fundo das costas insuportável por cima dos rins e no fundo da coluna. Gostaria de saber se alguém me pode dizer como resolver o problema do equilíbrio e as dores. A minha força de vontade é enorme, eu faço tudo para conseguir recuperar, tenho a segurança social em França onde já fui ver os medicos de família e os Professores Dres.Neurologistas que me disseram depois de ver meu relatório medic, Bravo a você aos medicos e fisioterapeutas , dizem que eu fui muito bem seguido. Mas eu queria mais!!! A parte cognitiva esta bem, esqueço algumas coisas recentes, mas lembro-me de tudo o passado. Obrigados

  4. Meu filho Alberto de macedo Lima sofreu um acidente de moto dia 13/07/2013. Teve tce com lesão axonal difusa teve 3 paradas respiratórios ficou em ventilação mecânica no hospital HO pois naquele dia nao tinha uti disponivel tivemos que fretar uma uti aérea e levamos pra Goiânia apos 24 horas do acidente. Ficou 47 dias na uti em estado gravíssimo. Apos foi transferido para o hospital crer onde ficamos mais 3 meses alimentando por sonda gastrica e traqueostomizado. Os médicos deram alta pois mesmo com todo suporte do hospital ele não reagiu conforme exames de ressonância magnéticas o quadro dele era vegetativo . Ficamos desesperados pois não sabíamos como lidar com o quadro e ainda mais em uma capital distante da nossa cidade 1200km
    Encontramos uma pessoa que nunca tinham os visto antes enviada por Deus nós deu moradia e suporte somos da mesma doutrina (vale do amanhecer ) e daí começamos uma nova vida. Uma nova realidade tds os dias acreditávamos em Deus é que para ele nada seria impossivel resumindo hoje já anda correndo alimenta normal se cuida sozinho usa a net . Agora apos 3 anos e meio começou a falar palavras e pequenas frases e cada dia melhora mais. Confiamos em Deus e acreditamos que ainda vamos conseguir vê lo estudando pois é o que ele mais quer e voltar pra escola hoje ele está com 20 anos. Na época do acidente estava com 17 era o melhor aluno da sala já estava concluindo o 2grau. Não tem sido fácil mas pra quem confia em Deus anda e impossível pois como falam os médicos o cérebro ainda e uma caixinha de surpresas pra medicina
    Só resta nós acreditar que o impossivel pra medicina e a solução pra mãos de Deus. Se vc

    • oi meu irmão tambem sofreu um acidente dia 28 de abril passado agora, ele caiu de uma altura de 7 metros só esta vivo p Deus mesmo, tiraram a sedação dele essa semana, ele mexe braços pernas levanta a cabeça, mais as funções neurológicas dele não respondem bem, os médicos dizem q ele pode ficar ou não com sequelas neurológicas, mais o tempo de resposta dele ja ta no limite, ja era p ele ta respondendo bem, mais com Fé em Deus ele vai recuperar tambem, nós cremos muito em Deus somos evangélicos tambem, e sabemos que a ultima palavra é a de Deus.
      Deus abençõe seu filho tambem.

  5. ola. minha mãe é alcoólatra há 18 anos, há uns 5 anos recente bem piorando…rins comprometido, teve epilepsia umas 6x chegando a ficar internada, e agora sofreu convulsão prolongada que a deixou definhando em cima por 45 dias com pneumonia, em estado gravíssimo. Por Deus ressuscitou, e ficou com sequelas, tais como aminesia execiva, confusão mental e delírios, que não é direto, fala. anda. ouve. norma….ja faz uns 2 meses que está assim…gostaria de saber se é caso de internação, se é permanente? obrigada

  6. meu filho encontra na uti com trauma no cranio nao precisou fazer cirurgia tem fratura no rosto hj ta com 24 dias na uti e ele tem muito pouco movimento tipo apertar a mao muito pouco, espreguiçar medico disse que pode ser que ele possa ficar um paciente acamado . a possibilidad que ele vem ter uma vida normal? hj ta recular ja com plano de alta pro quarto so ainda em coma . me tira essa duvida , se ele tem chace de voltar ter vida normal?

  7. Levei uma séria pancada causada por um tubo de aço comprimido em outro tubo com grande mola,ao qual disparou no meu rosto pegando parte do meu nariz o que causou um trauma e em torno do meu olho esquerdo,ficando a forma perfeita do círculo e depois de um ano estou tendo arranques na hora de entrar no sono diariamente tanto a noite ou durante o dia isso me acompanha a 1ano e 2 meses a sensação é de morte pois meu coração dispara e levanto imediatamente pois tento pegar no sono e novamente e bruscamente dou um pulo dá cama tenho a sensação que se aproxima de quase um derrame, estou aguniado,por favor me dê um retorno doutor.

  8. Olá. Tenho 38 anos e há 20 anos, quando eu tinha 18, sofro um TCE causado por arma de fogo. Fiquei com Hemi esquerda e hoje adaptei grande parte, praticamente tudo usando o lado direito do corpo (braço e perna).
    Hoje o meu problema maior, ou seja, o que me incomoda mais são as dores de cabeça que surgem a qualquer momento, desde quando eu durmo até anoitecer. A dor vem e vai.
    Pergunto:
    Apesar da minha parte cognitiva ser normal (ou quase rs) e depois de se passar 20 anos que eu sofro de TCE vivendo normalmente (dentro dos limites da hemi e convivendo com a cefaléia), eu devo me preocupar com alguma coisa que pode vim a acontecer….. tipo, de repente eu entrar em coma ou de repente eu desmaiar ou de repente eu perder os sentidos, etc…. ?
    Pergunto isto porque eu não sei o que pode acontecer comigo devido ao trauma cranioencefálico que eu sofri e por causa disso fica difícil eu ter ações de prevenção….. Poderiam me ajudar ? por favor ?
    Outra coisa. Por eu ter levado um tiro de arma do fogo na cabeça eu não posso fazer ressonância magnética, pois o projetil pode ser de aço e se mexer. Além da tomografia, existe outro exame que mostra minhas condições físicas e que eu poderia fazer ?
    Obrigado por esclarecer !
    Abs,

  9. Meu filho teve um acidente de moto em 02/07/16 ficou em coma 18 dias e mais 2 no hospital, teve que reaprender a fazer tudo como se fosse uma criança, hoje ele esta com 24 anos teve paralisia facial, teve discinisia escapular mas graças a Deus isso foi tudo resolvido, hoje ele esta com dificuldade na fala o que eu devo fazer?

  10. Tenho um amigo que sofreu um acidente de moto, ele teve TCE grave ( afundamento fronta e uma perfuração no cérebro ) foi cirurgiado e com 21 dias de UTI estava programado para ir para o apartamento, apareceu um sangramento no cérebro, está em coma, qual o motivo depois de 21 dias aparece este sangramento?

  11. Ola,me chamo Janira Moraes, sou psicologa clinica, e achei o artigo excelente, linguagem simples, muito didático, parabéns.

  12. Boa tarde. Minha mãe teve AVC em 23/12/2015. Hoje está bem melhor, mas não consigo resolver o caso de salivação. Ela cospe o tempo todo. Preciso de ajuda. Por favor se alguém souber o que posso fazer para solucionar esse caso, agradeço muito sua colaboração. Já leve em neurologista, clínicos, fisioterapeutas, dentistas, e nada. Só falta psicologa e psiquiatra. SOCORRO. Ela está sofrendo muito.

  13. Sofri um acidente de carro a 8 mês tive um TCE moderado fraturei todo o rosto duas costela fêmur esquerdo clavícula tive contusão pulmonar fiquei 15 dias na UTI e 20 dias no quarto eu acho que estou bem tinha perdido o paladar e olfato o médico falo que nunca mas voltava mas tá cada mês melhor só não me lembro do dia do acidente aonde eu fui de onde Tava vindo perdi dois grandes amigos nesse dia mas só fiquei sabendo depois de dois meses qu foram me falar os médicos falaram que eu dei entrada no hospital eu não tinha nem uma chance e se sobreviver ia vegetar mas estou bem hoje ja estou dirrigindo trabalho só tenho muitas dores na cabeça e no corpo todo . Gostaria de saber se corro algum risco de ter alguma século ainda como pergaminho de memória paladar olfato visão VC pode me dar uma resposta ????

  14. ACHEI MUITO INTERESSANTE ESSE , E GOSTARIA DE SABER SE A PESSOA QUE TEVE TCE E VIVE UMA VIDA NORMAL DEPOIS DE TRES ANOS PODE APARECER ALGUM TIPO DE SEQUELA INRREVERSIVEL. GOSTARIA DE RECEBER OIENTAÇÃ0. OBRIGADA

  15. Boa tarde, md Leonardo Faria. O sr, vai ler esse comentário? Vai dar responder? Então… Existe a possibilidade de, após muitos anos, devido a quedas violentas com batidas na cabeça (sem ir ao médico), surgirem sintomas e/ou sequelas de diferentes formas? Pode um meningioma embaixo dos trigêmeos estar relacionado a essas quedas? E uma cicatriz no cerebelo nunca notada até uma RME pós-cirúrgica? E uma paralisia facial após cirurgia no mesmo lado, também? E, alguns sintomas “estranhos” e outros corriqueiros ( ? que às vezes muitas pessoas e/ou profissionais não levam tão a sério ) poderiam estar relacionados a um TCE antigo ( não diagnosticado visivelmente) uma vez que foi provado cientificamente que muitos sintomas só podem ser diagnosticados após óbito quando o cérebro de fato é analisado em minúsculas partes? Onde pode-se pesquisar mais a fundo sobre esse assunto para conhecimento e riqueza de detalhes para, por exemplo, ter um domínio de questionamentos a serem feitos pessoalmente a um neurocirurgião? Que tipos de testes podem ser feitos para ter uma “noção” de trama antigo (quedas graves há mais de 30 anos? Obrigada, L

  16. Meu cunhado teve traumatismo e coagolo caiu de cabeça de 4 metros peguei ele morto
    Mais nois Samos evangélicos e no momento do acidente minha sogra e outros entraram em oração
    Deus ouviu as oração saiu da UTI e já está em casa
    Mais em 4 dias o coagolo sumiu
    Deus operou o milagre

    O mesmo que ele fez pelo meu cunhado pode fazer pelos irmãos
    Peça pra ele em oração somente creia que o milagre acontese

  17. meu filho sofreu um acidente de carro em 2012 ficou 23 dias no uti 20 dias no quarto.comecei do zero ensinei a andar.falar.comer hj tem 21 anos ainda nao trabalha.nao sai sozinho.gostaria de saber se tem cado parecido.pra me da alguma informacao meu zap 14998334664

    • boa noite o meu filho sofreu um acidente de moto no dia 20 de Março de2014 ele tevê traumatismo craniano ficou 17 dias na lti e mas 2 nesses e meio no hospital militar porém ele servia o Exército porque ele pecou uma baquiteria hospitalar mas Graças a Deus ele curou a baquiteria mas ele ficou com sequelas motoras e na fala.a um mês atras ele começou a falar fiquei muito emocionada por ouvia ele falar novamente ee fala com dificuldade mas fala Graças Deus como vc disse demo que começar do zero mas.e.muito triste isso tudo né como o seu filho esta hoje demorou pra ele se recuperar

  18. Caro(ª) Sou Milton Viegas sou do outro lado do oceano, sou de uma ilha no golfo da guiné (África).
    No ano 2011 teve um acidente de moto até agora não explicado, porque esquece daquele dia,
    Os que presenciaram a queda, dizem parecer que eu adormece na moto, não era noite (15h00) qualquer coisa assim.
    O relato: no momento se pois de pé dizendo que estava bem, chegando mesmo a ficar irritado com tantas as pergunta em seguida desmaiei, tendo convulsão, no Hospital cheguei inconsciente, tendo por segundo uma paragem cardíaca, no segundo dia, ai já me recordo de ter acordado no hospital tive dificuldades na formação de freses, na recuperação voltei a me internar e foi-me diagnosticado uma trombose venosa na perna esquerda (tenho dois coágulos diagnosticado) venho esquecendo muito, tenho menos paciência, irritação fácil, falo rápido para não perder o fio das falas.
    Não tenho recursos financeiros para poder viajar, o no meu país não tem o cirurgião venosos.
    O que pergunto é devo-me preocupar?

  19. Boa noite, eu tive um TCE, Já faz 8 anos. Estava de moto com meu marido corrento, aí um cavalo atravessou na pista então a gente bateu no cavalo, o impacto foi tão forte que o meu capacete voou, e meu marido faleceu na hora, e eu bati com a cabeça no chão, na hora não desmaiei, só tontura mesmo, enfim, um dia depois, eu nao podia falar, fiquei paralisada de um lado direito… Com o tempo perdi o desânimo, eu recuperei um pouco do meu físico e a fala, mas ainda falta muito, não consigo mexer a minha mão, nem posso correr, e esqueço das palavras, nem contar qualquer história…
    Muitos pensam que eu tive um AVC, só que foi um acidente, queria que vc falasse, se ainda tem tratamento.
    Aguardo. E obrigada!

  20. Olá Boa tarde. Meu sobrinho sofreu um acidente de moto no dia 21/11/2016. Ele teve uma pancada muito forte na cabeça, teve convulsão e parada cardiorrespiratória. Conseguiram reanimar ele. Engoliu vômito. Colocaram ele em coma induzido. Já se passaram uma semana e nada acontece. Dizem que o estado dele é grave. Está com febre e o pulmão inflamado. Estou desesperada. Não sei tempo isso pode durar.

    • oi Ana,o caso do seu sobrinho é o mesmo do meu esposo. Ele tem um edema cerebral,pegou pneumonia por causa da inflamação no pulmão. Ele esta a 19 dias em coma induzido. É tudo muito triste,mas precisamos ter muita fé. Muita força para os familiares e melhoras p o seu sobrinho.

  21. Miha folha devido um grave acidente teve traumatismo e tc fico em coma 38 dias volto a fala 2 anos e 7 meses nao anda ainda tem cem por cento pra anda.perdeu a filha unica e ela tem tontura suor gelado dor de cabeca quaze todos os dias ela foi dada como morta mas graças a deus fala lembra das pessoas e sequela o que ela sente ou e pela perca da filha unica de 6 anos es res .

  22. tive traumatismo craniano aos 5 anos fiquei bem complicadinho irritadico nao social gosto de silencio e poucas pessoas uma velocidade incrivel de raciocinio mas nao traz $ entao do que adianta tanta velocidade?
    nao acredito em nada religioso e tenho certeza q a mente trababalha contra agente alias porra pra ajudar e foda mas pra atrapalhar td da certo
    ah e sexualmente um bicho axo td normal com o maior numero possivel de pessoas e td me enjoa muito facil
    e sinto que somos o the sims do criador seja la o que for ele acho que ele e um programador
    o universo e holografico a terra e plana jesus nunca existiu assim como demonios e tal
    todas as doencas menos as de locomocao teem cura e mentem pra nos
    o tedio e meu amigo gracas a minha incapacidade de mudar
    me manda um email orvil772@ mail.com te passo mais minhocas q saem da minha cabeca

  23. Meu amigo sofreu um trauma na cabeça a uns anos e ele não se lembra direito de mim nem da vida dele antes de me conhecer !

  24. Minha noiva sofreu um acidente automobilístico e teve TCE, e ficou com sequelas: com estrabismo, um pouco de perca de audição em um dos ouvidos, e paralisia em um lado da face. Gostaria de saber se é reversível e qual o tratamento?? Obrigado!!

  25. meu marido sofeu um acidente grave bateu os dois lados da cabeça com quebradura faz 10 dias hoje se mexe muito abre os olhos adoutora falou que ele poderia morre como posso saber se ele vai ficar bem ou ruim

  26. BOM DIA,MEU FILHO SOFREU UM ACIDENTE GRAVE NO DIA 20 DE AGOSTO DE 2016,A DOIS MESES E ONZE DIAS ,FOI DE MOTO ELE TEM 21 ANOS ,MINHA VIDA VIROU DE PONTA A CABEÇA ELE FOI SOCORRIDO PELO HOSPITAL DA POSSE E FOI SUBIMETIDO A UMA CIRLUGIA NA CABEÇA DEVIDO A UM TRAMA SERIO JÁ EM COMA DES DO ACIDENTE CONSEGUIMOS A TRANSFERENCIA PARA O HFG POR ELE SER MILITAR FICOU 18 DIAS NO CTI E EM COMA ENDUZIDO TEVE 3 ESQUEMIA E UMA MINIGITE BACTERIANA OS MEDICOS FALAVAM QUE NAO ACRETIDAVA O PORQUE O DOUGLAS AINDA ESTAVA VIVO ,UMA CRAVICULA QUEBRADA E 3 COSTELA ,TEVE QUE PASSAR POR UM PROSSEDIMENTO OS DOIS PULMOES DEVE QUE DRENA QUE DESESPERO ,DEPOIS DE 18 DIAS O DOUGLAS PASSOU PARA A ENFERMARIA

    • Meu filho foi quase igual ao seu. O trem do metrô bateu na cabeça dele em março de 2015. Com Glasgow de 3. Os médicos também não acreditava na recuperação dele, que se não morresse ficaria em estado vegetativo.
      Em menos de 20 dias se recuperou, até o chefe da uti falou para ele que Deus tem um propósito na vida dele. Sem sequela nenhuma. Dou graças a Deus todos os dias e agradeço também a Santa Casa de Misericórdia aqui de São Paulo por ter sido o instrumento desse milagre. Só transferi para outro hospital por também estar com medo de infecção e a meningite também. Hoje ele está com 22 anos, já voltou para a faculdade e trabalho. Tudo perfeitamente no lugar, e é o que espero para seu filho.
      Abraços.

      • Foquei surpresa com seu comentário. Vc que acompanhou de perto sabe se a pressao intracraniana dele era alta? Minha mae esta nesta escala de coma 3 e a minha esperança havia acabado. Mas estou voltando a agarrar na minha fé.

  27. Olá, gostaria de fazer uma única pergunta..Se uma pessoa foi encontrada com vida mais com um trama encefálico desacordado,ela ainda tem consciência , o cerebro tá funcionando ou já houve a morte do cérebro na hora da pancada? Obrigada

  28. Por gentileza, responda minha dúvida. Tive um aneurisma há seis anos, localizado no hemisfério direito do cerebelo. Fiquei no inicio sem conseguir falar direito, não conseguia sentar, não tinha controle da micção e das fezes, não conseguia fechar a mão direita, sentia muitas dores musculares e não andava.. Fiz terapia ocupacional e fisioterapia (esta ate´os dias atuais), não conseguia andar em hipótese nenhuma. Hoje, a única sequela que ainda tenho é a marcha comprometida, mesmo assim, consigo caminhar cerca de 800 metros sem estar amparada em muleta ou em alguma pessoa. Minha dúvida é: poderei voltar a andar como antes do aneurisma, ou ficarei eternamente com essa limitação na marcha?
    agradeço sua avaliação.

  29. Boa noite meu cunhado teve TCE grafismo perdeu a fala e o lado direito (braco e perna sem movimento)mas entedia td se recuperou os movimentos esta comencado a fala e graça de deus ele sabe de todas ad coisa abraço confie nele que ele te dara a graça

  30. Olá.Tive o tce em 07/05/2016 fiz cirurgia na cabeça do lado esquerdo e traqueostomia.Não sei q grau foi? Passei 18 dias em coma, 04 dias não lembro só lembro de 05 no apartamento.Deu 27 no geral internada. Estava sem falar, falei depois com o fonoaudiologia, sentia muita tontura e estranhava caminhar. Hje não sinto o olfato e o paladar ruim, tenho dificuldade na leitura e escrever e a memória não melhor algumas coisas.

  31. Sofri acidente automobilístico em 2013. Foi diagnosticado TCE, não sei ao certo se leve ou moderado. Perdi a memoria de pelo menos dois dias antes do acidente até uma semana depois do acidente. De imediato percebi que havia perdido o olfato e o paladar, posteriormente diagnosticada com síndrome do panico pós traumática e depressão. Meu psicológico/emocional ficou extremamente desequilibrado depois do acidente, tinha humor instável,me tornei agressiva, impaciente. Foi mais de um ano pra sair desse quadro. Hoje ainda vejo reflexos disto, minha memória é curta, dificuldade de atenção e aprendizado, sensibilidade a ruídos.
    Poderia ter sido pior – ouvi e ouço muito esta frase, concordo, existem casos muito, vastamente piores que o meu, mas isso não o torna indolor, incomodo, nulo.
    Nunca mais terei o olfato e paladar novamente, isso é o que mais me incomoda. De certo que a instabilidade emocional também reflete na vida social, mas se eu acompanho com psicologo e administro fármacos juntamente dá pra levar.
    Eu vivia numa busca incessante por respostas e a única coisa que encontrei e ouvi de neurologistas foi: não tem jeito, vai ficar assim.
    Vivam, não se desesperem, da melhor ou pior forma estamos vivos, deixe esse episódio de lado. Não desperdicem o tempo que têm vivendo uma situação que já foi vivida.
    Procurem os especialistas, tirem dúvidas e encerrem esse capítulo.
    Às vitimas, familiares e amigos das vítimas eu desejo o mais sincero voto de alegria, força, fé e coragem, Deus abençoe a cada um!

    Um forte abraço.

    • Laís meu filho teve um TCE (moto) em dez de 2011, com fratura cominutiva e região frontal e base de crânio. Do nariz pra cima quebrou tudo até o esfenoide. Como sequelas convive com a perda do olfato, perda de 60% da visão, distúrbio de comportamento caracterizado por perda do freio inibitório, comprometimento das funções executivas, dificuldade na tomada de decisão, além de cursar com sintomas depressivos e humor disfórico, tem crises de ansiedade, alterações no padrão do sono (sonolência excessiva), apresentado vulnerabilidade ao suicido, ou seja, a presença deste e outros sintomas concomitantes têm colocado em risco a sua vida. O que sinto nisto tudo é que em 2012, em fevereiro, quando teve alta insistia com o neuro e a psiquiatra que ela estava cursando com alterações do comportamento, ele fez 21 anos em janeiro 2012, e como não foi tratado o quadro agravou e apenas em dezembro de 2015 iniciou tratamento medicamentoso com o psiquiatra e a terapia comportamental com a psicóloga. Creio que quanto mais cedo o tratamento for iniciado os aspectos comportamentais e emocionais poderão ser controlados. Quanto ao olfato e a visão tenho fé que os terá de volta, a ciência no futuro próximo poderá nos ofertar outras possibilidades, a exemplo das células tronco. Assistir um depoimento de um senhor que após 15 anos do trauma voltou a enxergar . Então mantenha sua convicção e fé tudo dará certo.

  32. minha irma sofreu um acidente a dez anos atras e teve traumatismo de fase e ficou muito deferente nem parese ela sera que tem serurgia pra isso pelo estado

  33. Oi meu irmão sofreu um acidente de moto em março de 2008e já faz 8 anos e 5 meses foi grave teve traumatismo craniano encefálico deu entrada no hospital em coma e quando quis voltar foi induzido ao coma novamente e além do traumatismo teve fratura do fêmur direito e queimaduras no mesmo local da fratura e ele ficou 15 dias na UTI e mais 45 dias no quarto e depois o médico mandou embora com traquío e gastro foi muito difícil, mas fomos trabalhando com ele e hoje como sequelas ficou a perda da memória recente e perda do equilíbrio e anda de muletas canadenses, mas qualquer obstaculo pequeno que seja já esta caindo e desvio no olhar e tem visão dupla e perdeu a visão lateral do lado direito, pois atingiu o nervo óptico, tem mudanças de humor por gentileza alguém poderia me ajudar ?

  34. Meu irmão sofreu um acidente de carro a 1 ano e meio atrás. Teve traumatismo craniano e lesão axonal difusa. Logo após o seu acidente a recuperação foi rápida e inclusiva estava trabalhando, dirigindo e etc, mas mês passado ele começou a ter depressão, mudança de humor e chegou a surtar algumas vezes e tivemos que interna-lo em uma clínica psiquiátrica.
    Será que é devido ao trauma de 1 ano e meio atrás?

  35. estava de moto voltando da faculdade, entrou um cachorro na frente do carro que estava na minha frente, ele freiou daí eu tb freei, daí o carro de traz deve ter freiado mas bateu na trazeira da minha moto, me empurrou eu bati na traseira do carro da frente, cai e capotei atravessando o canteiro e caindo na pista contrária vieram 3 carros e passaram por cima de mim, um deles passou por cima do capacete, rachou o capacete e tive um TCE gravíssimo. foi em 28-04-2014 faz 2 anos. minha noiva terminou comigo na cadeira de rodas. logo estou afastado do serviço e da faculdade. não lembro das coisas, a memória recente não presta, o médico diz que não há solução, e que tenho que aceitar o meu novo celebro desta forma. outro problema que estou tendo, é na ereção. dura poucos minutos. será que tem cura? ou sempre terei que tomar estimulantes sexuais? alguém já passou por isso? e será que meu celebro nunca mais voltara a lembrar das coisas recentes? não poderei mais estudar nem trabalhar? pela memória não lembrar de nada! o equilíbrio tb está prejudicadíssimo, subir escadas…. alguém consegue me responder sobre isso? ereção e memória recente, nunca vão voltar ao normal?

  36. Fui atropelado em 2011 por uma moto que não parou sumil. Saindo do trabalho de bicicleta pra casa na Br101. Tive ( Traumatismo Craniano Grave ) fiquei 5 meses em casa afastado do trabalho, não mim lembro de nada nem a cor da moto, tive muitas coisas dezanormais e uma doença grave que tia e não sabia era (Pedra Vezicula Grave Tive que fazer cirurgia ).Hoje grassas a Deus e Jesus a minha fé que tenho e utilizo fui salvo varias vezes, Faço Faculdade na (UNOPAR) Universidade Norte do Paraná/ Sousa Paraíba
    Curso: Superior de Tecnologia em Gestão Financeira 100% Online
    Se reflita saber o que é a FÉ EM DEUS E JESUS é uma coisa, TER, PRATICAR E UTILIZAR é outra coisa entendeu? Responda(s)

  37. Ola tive uma lesão cerebral no lado esquerdo acima da sobrancelha após dois anos tenho alteração de humor nao consigo mais dirigir,o que faço?

  38. Ola sofri um acidente fui atropelado tive um tce acima da sobrancelha do lado esquerdo após 2 anos tenho alteração de humor não consigo mais dirigir antes conseguia normalmente ,o que faço?

  39. Tive um acidente automobilístico em 2012,onde tive 8 costelas quebradas de um mesmo lado(esquerdo),perfuração do pulmão,perda do baço,traumatismo craniano lado esquerdo acima da sobrancelha esquerda.Fiquei 09 dias em coma induzido,10 dias no quarto e voltei para casa,até a data de hoje,não me lembro de absolutamente nada três meses antes e 3 anos depois do acidente;tive minha coordenação motora do lado esquerdo do corpo(mão,braço,perna e pé)comprometida sem ter como desempenhar minha profissão mais.Com um ano após meu acidente,precisei retirar um pedaço de vidro da minha cabeça na parte esquerda acima da sobrancelha(final da mesma).Perdi paladar e olfato por completo.

  40. Bom dia eu sofri uma agressão física no lado direoto da cabeca(um golpe), isto a 4 anos atrás 19/12/2012 e dai perdi a minha audição no ouvido direito, e os médicos disseram que já nao tem como me curar, será que o doctor nao pode me ajudar?

  41. meu marido caiu da bicicleta tinha bebido foi socorrido deram glicose pra tirar o alcool fez rax não apareceu lesão nenhuma no cerebro esta com clavicula e costela quebrada ficamos uma noite toda esperando atendimento ele caiu as cinco da tarde só as sete da manha que o medico percebeu que ele esta confuso ele não falou mais so ficou acordado totalmente desinquieto as oito fomos pra um hospital proximo ai foi feito a tomografia ai que viram a lesão ele foi pra cirrurgia ficou em coma induzido mais infelismente não resistiu faleceu uma duvida foi a demora de atendimento que o levou a morte

  42. OLÁ UMA BOA NOITE DR EU SOFRI POLITRAUMATISMO DE CRANIO ENCEFALICO E TRAUMA DE TORAX EM DEZEMBRO DE 2008 . E ATÉ HOJE TENHO SEQUELAS QUE ME LIMITÃM MUITO NA VIDA SOCIAL , E NÃO PERMITE QUE EU TRABALHE EM NADA POIS TUDO EU ESQUEÇO. TENHO QUE ANOTAR TUDO ! MUITOS SABEM DISTO MAS OUTROS NÃO . QUERO FICAR MELHOR MAS NÃO TENHO CONDIÇÔES DE ME TRATAR . POIS EU GANHO POLCO E RECENTEMENTE SOFRI UM ATROPELAMENTO EU E O MEU IRMÃO FRATUREI GRAVEMENTE A PERNA ( FRATURA GRAVE E EXPOSTA ) E O MEU IRMÃO TEVE UM DOS BRAÇOS AMPUTADOS . E SOFREU UMA FRATURA NA PERNA SONHO EM PODER AJUDA-LO COM UMA PLOTEZE PA O BRAÇO. GOSTARIA SE POCIVEL QUE O SENHOR ME AJUDASSE COM UM TRATAMENTO NEUROLOGICO , A AJUDASSE O MEU IRMÃO COM UMA PLOTEZE . POIS O SENHOR COMO MEDICO E CONCEITUADO PODE CONSSEGUIR COM MAIS FACILIDADE ! DES-DE JÁ LHE AGRADEÇO … ELENILSON PESSANHA MOTTÉ . O MEU CONTATO É PELO FECEBOOK.

  43. Tive um acidente de trânsito a 4 anos atrás,com traumatismo de crânio incefalico,tenho uns sintomas muito raro,como estresse, dor de cabeça, tonturas,perda de visão,e de memória, e sou muito sensível as vezes quero chorar do nada,tenho trauma de carro.e quando trabalho em algo muito pesado ou que tenho Q me mover muito, sinto cm uma calentura na cabeça e tenho q me deitar pra passar,se pode me esclarecer fico muito agradecida,.meu imail.rmarli187@gmail.com

  44. Flavio Cesar 29/05/2016
    Boa noite! Sofri um acidente de moto a 3 anos, tive diversas fratura e um traumatismo craniano e fquei com algumas sequela, até que pela gravidade do acidente graças a deus ficara poucas, mas uma das sequelas que mas me restringe de algumas atividades é parestesia que posso fazer para acabar com ela e sinto que no inverno é mais acentuada.
    Obrigado na verdade é resumo basico do meu acidente.

  45. Oi meu filho caiu de uma altura de 1,80 no sábado dia 21/05/2016 e desde esse dia ele ta tendo febre direto ele só tem 3,anos por favor me respondam

    • Oi Fernanda! Meu filho aos 5 anos caiu desta mesma altura e foi bem complicado o caso.
      Teve traumatismo craniano ficou em coma… Graças ao bom Deus e o neurologista que pra mim foi um anjo ele hoje esta ótimo, esta com 18 anos agora e por milagre de Deus e um excelente profissional da neurologia sem sequelas… Sugiro que consulte um neurologista para se tranquilizar. Ou o próprio pediatra avalia e encaminha se necessário. Abraç

    • Isso é brincadeira né?
      Por que se não for, você deveria ser presa por não ter levado seu filho no hospital assim que o socorreu da queda.
      Omissão de socorro é crime.
      Gente assim não deveria ter filhos.

    • Pelo Amor de Deus! Leve esse bebê ao neurologista urgente! De preferência na emergência e eles irão encaminha para um colega Neuro.
      Isso é sério e pode comprometer o futuro dele caso realmente tenha tido uma lesão, isso tbm poder gerar óbito.
      Por gentileza, procure um especialista URGENTE, não seja negligente.
      Boa Sorte

  46. Fui submetida a cirurgia craniana ,para tratamento de aneurisma cerebral . Desde então tem havido progressivo afundamento temporal ,insônia ,diagnóstico eclético ,e muitos outros sintomas . Esse afundamento compromete áreas cerebrais ? minha vida nunca mais foi a mesma . Tenho depressões ,pânico noturno e outros sintomas . Gostei a muito de um tratamento no geral ,como também reconstrução craniana .

  47. Bem em 21/08/2014, sofri uma queda de bicicleta após ter apagado antes de cair (creio eu em decorrência da labirintite e o médico Otorrinolaringolista também confirmou mas não quis assinar em baixo), fiquei 18 dias em coma, a alta foi dada dia 16/09/2014 mas a minha memória só voltou dia 01/10/2014, hoje estou bem mais o que me incomoda mais, é o meu temperamento estou muito impaciente, irritado é normal.

    • Meu pai sofreu um acidente domestico e perdeu a memoria . Já fazem 15 dias e estou vom medo dele mão retornar . Vc fez algum tratamento pra recuperar?

  48. meu marido teve um acidente de atropelamento em 06/09/2008
    TCE (grave) perdeu massa bilateral frontal, hoje é outro homem, não entende mais nada sobre o mundo, age como se fosse uma criança. Ainda tem recursos??

  49. Sofri um acidente de trem em 1994, tive um traumatismo craniano, perda de massa encefálica fiquei dezoito dias em coma e com o passar do tempo tornei-me epiléptico. Mas desde a época do acidente já era perceptível uma limitação para absorver informações no entanto consigo viver “normalmente “

  50. Ola. Meu filho teve traumatismo intracraniano com hemorragia no cérebro. Recuperou-se muito rápido. Agora três anos após o trauma começou apresentar fortes dores de cabeça e perda de memória rápida . Hoje ele esta com dez anos e não posso deixa-lo sair de casa sozinho pois ele não chega no destino pois se distrai com facilidade e consegue se concentrar é muito nervoso da chutes e murros na parede e depois chora. Estou numa situação bem difícil. Parece que a mente dele parou aos seis anos quando sofreu o trauma. Ele não consegue realizar dois comandos ao mesmo tempo. Ele nem se quer dorme sozinho no seu quarto tem um medo absurdo de ficar sozinho. Se eu sair e deixa-lo com a avo por mais de uma hora ele entra em pânico e começa a chorar. Será que pode ser consequência do trauma?

  51. bom dia !
    tive um acidente de moto em 2011 tive traumatismo craniano não entrei em coma fiquei consciente, a pancada foi muito forte mesmo assim que chegou afetar minha visão esquerda um nervo foi rompido no começo não enxergava nada agora já em 2016 enxergo parcialmente fui tratada no hospital da GUIANA FRANCESA o medico falou que eu teria um pouco de sequelas como dores de cabeça constante memória e concentração um pouco lenta mais com o tempo poderia recuperar ate mesmo a visão..gostaria de uma explicação sobre a dor de cabeça mais detalhada não são dores fortes e no lugar onde bateu estar um pouco dormente isso e normal ? e sobre visão também ? obrigado desde já

  52. Sofri acidente de moto a onze11 anos, tive TCE e uma parada, to caminhando sem apoio mas meu aparelho urinário ficou doente não sei qual especialista procurar um urologista comum ou mais específico em casos que teve TC E?

    • Raquel, vi que vc teve TCE, vc chegou a ficar em coma ??? Por quanto tempo??? Meu cunhado sofreu um acidente de moto e está em coma há 14 dias. Nos últimos dois dias ele teve baixa da pressão e ontem a noite fizeram hemodiálise. Pode por favor me contar sua experiência ???

      • Oie sou Regina minha filha teve um tce grave firam 63 dias em coma muita luta depois foi acordando aos poucos se quiser pode me chamar no face Regina Celia Santos Paulinia ou whatssapp para trocarmos informações 19 994161479 sofro muito pois minha filha não é a mesma e não voltará mais não quero te assustar mas é a realidade.

  53. meu filho sofreu acidente tce grave e depois de 10 anos ele ta tendo convulçao e dor de cabeça forte

  54. Faz três anos que minha irmã sofreu um acidente de trânsito e depois de três anos ela teve um derame e faleceu foi por
    causa do ttrama que ela teve que

  55. Ha dois anos atras um amigo estava trabalhando e uma caixa de plastico rigido caiu de uma altura de aproximafamente 2 m e o peso de 10 kg, atingiu a parte posterior da sua cabeca ,nao houve perda de consciencia imediata, ele foi ao pronto socorro e o medico fez umas perguntas e pediu para observar. Gostaria de saber, por favor, quais complicacoes tardias e como ele deve proceder a fim de evitar-las. O medico naofez.nenhum.exame de imagem ou ressonancia. Obrigada

  56. Gostaria de fazer duas perguntas, por favor:
    Ha quatro anos atras um tio de 70 anos, diabetico, caiu da escada e bateu a parte posterior da cabeca no degrau. Nao houve perda dr consciencia e ele nao mencionou se houveram outros sintomas apos a queda.Um ano apos a queda ele estava com problema de memoria e quatro anos apos faleceu com hemorragia pela boca, ouvido e nariz. E possivel que haja relacao entre a queda e sua morte? Obrigada

  57. Apos cirurgia ortognática fiquei com eplepsia insônia crônica memória prejudicada e dificuldade cognitiva geral. Melhorou um pouco o meu raciocínio e concentração após um tempo mas a memória e a insônia principalmente a insônia não me permitem mais uma vida normal fui aposentada. Hoje vibovtrocandi drogas para conseguir um ppico de sono…

Deixe o seu comentário