Os microrganismos em nosso intestino podem ajudar a proteger as células cerebrais dos danos causados ​​pela inflamação após um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O estudo publicado no Journal of Neuroscience revela que a suplementação de ácidos graxos de cadeia curta do corpo pode melhorar a recuperação nesses casos. Os ácidos graxos de cadeia curta, produzidos pela comunidade de bactérias que vivem no intestino são um componente-chave da saúde humana.

Embora se saiba que o microbioma também pode influenciar a saúde do cérebro e o sistema nervoso central, seu papel na recuperação do AVC ainda não foi amplamente explorado. No entanto, já há uma quantidade crescente de evidências de que a neuroinflamação após lesão cerebral pode ser atenuada indiretamente por bactérias intestinais.

Referência
  1. Sadler, R., Cramer, J. V., Heindl, S., Kostidis, S., Betz, D., Zuurbier, K. R., … Liesz, A. (2019). Short-chain fatty acids improve post-stroke recovery via immunological mechanisms. The Journal of Neuroscience, 1359-19. doi: 10.1523/jneurosci.1359-19.2019 (imagem adaptada de Steven McDowell/Shutterstock)

Sobre o Mentor

Leonardo Faria

Neurocirurgião que atua na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Membro-sócio titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia. Idealizador e CEO do site Meu Cérebro.

Artigos do Mentor