4 fenômenos fundamentais da neurofisiologia

3
5538

Comunicar, adaptar, sustentar e compreender

Mais representativos da funcionalidade do sistema nervoso, os fenômenos mentais, psíquicos ou neurológicos, se preferir, ocorrem como parte de sua fisiologia natural. Desde a produção do liquor, ao fenômeno da excitabilidade neuronal propriamente dito, o pensamento, a plasticidade neural, as emoções, como raiva, medo, agressividade e afetividade, os fenômenos cognitivos, os vários aspectos do comportamento, como um músculo do corpo que se contrai respeitando uma ordem do pensamento. Os fenômenos neurológicos são inúmeros e quatro deles, fundamentais, serão apresentados neste artigo.

transmissão-de-sinais

A transmissão de sinais

Quando um neurônio recebe um estímulo, se este é “forte” o suficiente, produzirá um impulso nervoso. O impulso nervoso corresponde a uma corrente elétrica que percorre o axônio até os botões sinápticos. O impulso nervoso precisa encontrar a membrana numa condição denominada potencial de repouso (-70 mV); uma vez iniciado, se auto propagará. Os potenciais capazes de gerar tal transmissão de sinal são denominados potenciais de ação (> 15 mV). Os sinais elétricos que percorrem neurônios, sinapses, órgãos receptores e efetores constituem a base da comunicação, em todas as suas instâncias.

plasticidade-neural

A plasticidade neural

Esta é definida como a capacidade que o sistema nervoso tem de mudar em resposta às exigências do ambiente em que se encontra. É um fenômeno que depende de mudanças microestruturais nos próprios neurônios, morfológicas e fisiológicas. O termo também pode ser definido, quando ocorre nas sinapses, de plasticidade sináptica. Especialmente as sinapses ao sofrerem o fenômeno plástico, ou ficam “fortalecidas”, reforçadas pelo fenômeno de potenciação, ou se desfazem pela retração e protrusão dendríticas. Sem a plasticidade neural, não aprendemos, simplesmente não nos adaptamos.

produção-liquor

A produção do liquor

O liquor sustenta e protege o cérebro contra eventuais choques mecânicos. Além disso, também desempenha um papel imunológico, servindo como veículo para nutrientes e agentes de defesa contra infecções. O liquor é produzido pelo plexo coroide e, após circular pelo interior do cérebro, é absorvido pelo sistema de drenagem venoso. Cerca de 100-150 ml são produzidos diariamente. Durante séculos se acreditou que o sistema ventricular era onde a alma estava alojada. O estudo do sistema ventricular e da neurofisiologia do liquor, tão importante para o sistema nervoso central, prova que a absorção de impactos e a proteção são básicas para qualquer processo, por mais complexo que ele seja.

pensamento

O pensamento

Segundo Jolivet, o pensamento é a capacidade que tem o ser de, através de três operações mentais distintas, a formação de ideias, o juízo sobre as relações de conveniência entre essas ideias e o raciocínio, que estabelece relações entre os juízos, compreender o significado das coisas concretas e das abstrações, bem como das relações que elas guardam entre si. Filosofias à parte, é através do pensamento que o ser humano dá conta de sua existência e do seu papel social.

3 COMENTÁRIOS

  1. A neurofisiologia eh o substrato neural da neurociência,
    para q num futuro próximo poderemos entender tudo
    sobre o cérebro, Falar sobre plasticidade neural,pensamentos
    e impulso nervoso eh complicado e difícil pois muitas
    coisas em neurociência ainda esta pra ser solucionado,
    Vides emaranhados neurofibrilares e a beta amiloide
    que estão envolvidos no mal de Alzheimer ,
    Mas mesmo assim gostei de sua explanação sobre o assunto!

DEIXE UM COMENTÁRIO