A memória humana é o resultado de diferentes processos mentais, como aprender, lembrar e esquecer. No entanto, estes processos distintos não podiam, até então, ser observados de forma objetiva. Pesquisadores agora conseguiram descrevê-los usando um modelo computacional.

A memória humana é o resultado de diferentes processos mentais, como aprender, lembrar e esquecer. No entanto, estes processos distintos não podiam, até então, observados de forma objetiva. Pesquisadores da Universidade de Basel agora conseguiram descrevê-los usando um modelo computacional. Eles são os primeiros a identificarem conjuntos de genes responsáveis ​​por conduzir processos específicos relacionados à memória.Os resultados foram publicados na última edição da revista PNAS.

A memória e o caminho da informação

Graças à ela, somos capazes de resolver problemas, aprender línguas estrangeiras e nos lembrar de belos momentos do passado. Para garantir um bom desempenho da memória, vários processos cognitivos distintos têm de cooperar. A informação é primeiro aprendida para depois ser armazenada. Depois, quando queremos trazer à tona essas informações e aprendizados, o nosso cérebro depende de um processo de recuperação funcionando normalmente.

modelo computacional memória

Pesquisadores conseguiram descrever os distintos processos da memória, como a aprendizagem, lembrar e esquecer, utilizando um modelo computacional.
Crédito: MCN Universidade de Basel, via Science Daily.

Será que todos esses processos são controlados pelos mesmos genes? Até agora, isso era um mistério. Como a maioria deles não podiam ser avaliados diretamente, a ciência não conseguia acessá-los para estudo.

O matemático Dr. Gediminas Lukšys, da Universidade de Basel, está finalmente conseguindo descrever com sucesso, através de um modelo computacional, os vários processos da memória humana. O estudo utilizou dados de mais de 1.700 adultos. A sua equipe foi capaz de medir os processos e conduzir análises genéticas distintas para cada um dos fenômenos mentais responsáveis pela memória.

Processos de memória e genes

Os resultados confirmam que há perfis genéticos distintos subjacentes a cada um dos processos de memória. Por exemplo, foi descrita uma correlação matemática entre a distribuição de uma proteína transportadora e o processo de aprendizagem; além disso, a taxa de adesão celular parece definir objetivamente o processo de armazenamento de informação.

O estudo contribui para uma melhor compreensão dos complexos processos da memória humana, podendo levar futuramente ao desenvolvimento de novas terapias para o tratamento de doenças e transtornos afins.

Via Science Daily.

Sobre o Mentor

Leonardo Faria

Neurocirurgião que atua na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Membro-sócio titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia. Idealizador e CEO do site Meu Cérebro.

Artigos do Mentor