Conheça esses 5 suplementos para a memória

4
4654

Você anda “esquecido”? Às vezes é surpreendido por uma memória ruim? Esquecer compromissos marcados, não lembrar nomes ou onde deixou a chave do carro. Ir fazer algo e, no meio do caminho, não lembrar mais o que era. Se identificou? Se a resposta foi sim, confira a seguir cinco suplementos para melhorar a memória.

1. Gingko Biloba

Gingko Biloba e memória

Os benefícios são vários: Desde aumentar a energia sexual, a proteger células nervosas dos danos causados pelo Alzheimer e diminuir o declínio cognitivo em casos de demência.

As pesquisas mostram que o Gingko Biloba melhora a função cognitiva porque ajuda na circulação sanguínea cerebral. Atua também como antioxidante, restringindo a formação de radicais livres que podem prejudicar os neurônios.

Por outro lado, há estudos que questionam se os benefícios à memória valem para quem é saudável, ou só em casos de alguma doença, como Alzheimer. Não há uma resposta definitiva. As pesquisas apontam benefícios, mesmo que, em várias delas, não sejam considerados tão significativos.

O extrato coletado das folhas verdes secas da planta se transformam em extratos líquidos, cápsulas ou comprimidos para o consumo.

2. Fosfatidilserina

Fosfatidilserina suplementos para a memória

Nosso cérebro, naturalmente, já possui esse fosfolipídio. Sendo ingerido, ele funciona como suplemento cerebral para melhorar a memória, cognição, concentração e aprendizagem. Assim como o Gingko Biloba, a fosfatidilserina também pode ter benefícios para a memória no tratamento de Alzheimer e demência.

Em casos de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), esse composto também pode ajudar, melhorando sintomas em crianças. Há relatos positivos também em casos de depressão.

3. Sálvia

Sálvia e suplemento para a memória

Assim como outros suplementos que você vai ver por aqui, a sálvia – uma planta que tem diferentes espécies – é usada há tempos com o propósito de melhorar a memória. Só mais recentemente, passou a ser estudada pela neurociência.

Uma dessas pesquisas pediu aos voluntários que decorassem palavras e para depois testar a quantidade delas que conseguiam se lembrar. Aqueles que tomaram óleo de sálvia de maneira consistente, levaram a melhor.

4. Vimpocetina

Vimpocetina melhora a memória

Ela é uma versão semi-sintética da vincamina: um composto ativo das flores e folhas da planta Vinca Minor. Esse suplemento é geralmente usado pra “limpar” a mente, proteger o cérebro contra o envelhecimento, melhorar a memória e proporcionar bem-estar mental.

A vimpocetina previne a perda de memória de curto prazo. Ela age aumentando o fluxo sanguíneo, além de trabalhar equilibrando os níveis de neurotransmissores. Assim como outros suplementos citados, a vimpocetina também poderia auxiliar o tratamento do Alzheimer, pela suposta capacidade de proteger o cérebro da degeneração.

5. Curcumina

Curcumina e os benefícios para a memória

É o principal composto bioativo da cúrcuma indiana. A curcumina é a responsável pela cor amarelada da cúrcuma. A relação entre curcumina e o cérebro traz uma longa lista de benefícios. Por exemplo, aumenta os níveis de dopamina e serotonina, que são considerados “hormônios da felicidade”.

Estudos apontam que a curcumina ainda reduz a compulsão e a perda de memória associada ao transtorno obsessivo compulsivo (TOC). Além disso, a substância melhoraria a atenção e memória em idosos saudáveis.

Que tal? Alguns destes compostos podem fazer bem à memória e à saúde do seu cérebro, de modo geral. No entanto, é recomendado que você procure orientação profissional, particularmente, de um nutricionista especializado em suplementos para a memória e nutrição do sistema nervoso.

Antes de ir para o próximo artigo, cadastre-se para receber conteúdos exclusivos sobre o cérebro e a mente:

Digite seu email aqui ↓
COMPARTILHAR
Letícia Brito
Estudante de Comunicação Social - habilitação em Jornalismo, na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Estagiária de reportagem em TV, apresentadora de boletim de notícias e colunista do MeuCérebro.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here