6 dicas para conquistar mais seguidores fiéis na internet; seja emocionalmente inteligente nas redes sociais

5
653

Você tem uma página no Facebook e quer conquistar mais seguidores fiéis? Você gostaria de ter amigos mais “verdadeiros” no seu perfil? Não sabe o que postar no Twitter, Instagram ou Google+ para isso?

conquistar mais seguidores
Como conquistar mais seguidores fiéis? (fonte: getsocialfollowers.blogspot.com)

Chega de truques! Chega de métodos fáceis para aumentar o número de pessoas que veem o que você publica sem interagir. Ou mesmo gastar rios de dinheiro com publicidade. A internet está farta disso. Se você enxerga a rede apenas como uma ferramenta para o lazer, para se informar, “rever” parentes distantes, resolver questões da sua comunidade, ou está aqui como profissional dedicado que é, esse artigo é para você.

Primeiro, um desabafo: não dá mais para tratar a internet e, principalmente, as redes sociais, como um modismo, ou costume de pessoas que não têm o que fazer. Só para ter uma ideia, um dos sites mais acessados do mundo é o Facebook, que conquistou 1 bilhão de usuários em aproximadamente uma década. Isso é cerca de 1/7 da população do planeta. Se você está aqui, lendo o artigo, e continua acreditando nesse tipo de pensamento retrógrado, é melhor rever suas crenças antes de prosseguir…

Se para você o argumento mais forte é dinheiro, o “cash” que circula por aqui vai reforçar o que digo. O Whatsapp foi adquirido recentemente pelo próprio Facebook pela bagatela de 22 bilhões de dólares. Agora, se acredita ser mais humano que a maioria, e mais preocupado com a influência do dinheiro e das tecnologias sobre as pessoas, não vai adiantar do mesmo jeito. É difícil ter que lhe dizer isso, mas você é influenciado pelos seus “amigos” virtuais. E às vezes nem percebe. Vai falar que você vê com os mesmos olhos aquele colega que vive publicando besteira na internet?

manipulação facebook
Será que somos manipulados nas redes sociais e nem percebemos? (fonte: teachprivacy.com)

Não estou recomendando ficar 12 horas (ou mais) na internet diariamente… Não vamos aprofundar o assunto do vício digital. Para isso, o convido a ler depois o artigo top do Lucas Santana, Por que eu não consigo fazer mais nada?.

Bom, o fato é que as redes sociais imitam a sociedade, pois nasceram dela e a reproduzem. As leis que valem aqui, valem fora. Com algumas características peculiares a cada tipo de ambiente de relacionamento, os princípios são os mesmos. E, como anteviu (ou profetizou) Daniel Goleman, o sucesso em qualquer “empreendimento” social passa pela inteligência emocional. Na verdade, ela pode ser até mais importante do que a especialização acadêmica e o seu QI, juntos.

E como é difícil medi-la ou praticá-la. Alguns têm a sensação de que quem nasce emocionalmente inteligente, nasce. E pronto. Mas não é bem assim. É preciso entender que as emoções em seus vários tipos correspondem senão a forças impulsionadoras das ações. E o pensamento racional, treinado, às vezes, mesmo não conseguindo deletar alguma emoção da sua cabeça, ao menos pode conseguir dirigi-la, controlá-la. Por isso acredito na informação, e no seu poder de instruir nossas emoções.

Pare e pense…

Quando você está em uma roda de amigos, fica querendo aparecer o tempo todo? Gosta de pessoas exibidas?

Você se inscreveu em um seminário. Chega lá o palestrante enrola, enrola e não fala nada com nada. Se não chegou a dormir, já está no celular trocando mensagens com outros ouvintes aborrecidos. Quando aparecer uma oportunidade, vai recomendar o evento aos seus amigos?

Ficam em cima do muro, mentem, e têm medo de tomar qualquer atitude que seja… Você é realmente capaz de manter amizades verdadeiras com sujeitos assim?

Uma das coisas que mais irrita é a inveja, principalmente quando ela vem com aquela “puxada de tapete”. Acha legal passar por isso?

Pois é…

No mundo virtual não é diferente!

Talvez você não publica nada porque realmente não conseguiu ainda enxergar a importância desse “novo mundo” em sua vida. Deve ter os seus argumentos e eu adoraria escutá-los. Mas, pode ser que não publica nada porque tem medo de ser completamente ignorado: “Ninguém curtiu a minha foto…”. Pior que isso: receber alguma crítica. O escritor Jon Acuff traz em um de seus livros a seguinte fórmula: 1000 elogios + 1 crítica = 1 crítica. Como essa “intrometida” é capaz de chamar tanto a nossa atenção?! Se não soubermos lidar com o sentimento de rejeição de forma inteligente, o nosso comportamento pode ficar sequelado.

PS: para os mecanismos de classificação da internet, especialmente nas redes sociais, um elogio e uma crítica têm o mesmo valor. Ainda há o adicional: a pessoa que comenta, algo positivo ou negativo, vai estar assinando o seu feed de qualquer jeito, podendo até lhe dar dinheiro com isso, caso você direcione todo o tráfego para o seu site e trabalhe com cliques publicitários ou por impressões.

Talvez, o problema seja realmente ser ignorado.

ser ignorado redes sociais
(fonte: sodahead.com)

Por isso, apresento agora seis dicas para conquistar seguidores fiéis na internet, “amigos de verdade”. Pessoas que serão mais verdadeiras com você, que irão lhe apoiar em algum empreendimento que vier a conduzir, que comprarão seus produtos simplesmente porque é você que os está oferecendo. Não passe despercebido, sem no entanto ter que apelar para postagens pouco instrutivas, forçadamente polêmicas, difamatórias ou obscenas. Antes de publicar ou postar algo…

Seja emocionalmente inteligente nas redes sociais

Seja Honesto

Isso vale para todos, mas especialmente para os que vendem coisas pela internet. Não perca um público inteiro porque prometeu para uma pessoa algo que o seu produto não oferecia. Se vai vender uma folha de papel em branco, seja honesto e esclareça isso em sua descrição. Alguém, em algum lugar, poderá realmente estar à procura de uma folha de papel em branco. Acredite: esse cliente vai ficar satisfeito e vai recomendar. Além disso, se for para curtir ou comentar alguma postagem, seja verdadeiro. Não faça por fazer.

Seja Humilde

Não fale que é seu aquilo que você não criou. Dê nome aos bois. Você não sabe de tudo, portanto não haja como se soubesse. Peça a opinião das pessoas, troque experiências e ideias. Só um alerta: humildade não significa necessariamente postar a sua ‘condição humilde’ para chamar a atenção, tentando aproveitar-se do “excesso de solidariedade” que transita na rede. Não force a barra. Pode até conquistar muitos seguidores, mas será mais por piedade do que por admiração.

Seja Específico

Um assunto por vez. As suas ações têm que ser direcionadas para um fim na rede. Imagine que você está navegando em busca de uma dica para dormir melhor. Está descendo a página do Google e encontra dois links cujos títulos são: ‘O sono’ e ‘Como ter um sono melhor”. Meio óbvio não? O pior é que muita gente não segue essa “regra” fundamental da boa comunicação: a especificidade. Para formar um público fiel, não queira atingir muitas pessoas num primeiro momento. Conquiste um a um. A sua rede crescerá com naturalidade.

Seja Corajoso

Postar aquilo que realmente (não tudo!) passa pela sua cabeça é a melhor maneira de não ser ignorado. Se a pessoa concordar com você, ela vai curtir. Se ela achar que o que você disse foi um monte de baboseira, ela vai comentar. Como disse, de qualquer forma ela terá “assinado” seu feed e você terá a oportunidade de estabelecer um diálogo, criar uma mini comunidade ao redor do tema. Vai acabar atraindo outras opiniões.

Seja Normal

Aqui, normal não quer dizer comum. O sentido é de evitar a extravagância. Eu gostaria de chamar a atenção para duas coisas. Ninguém “aparentemente normal” fica falando o dia inteiro como se fosse um papagaio. Portanto, você não precisa se tornar o mensageiro da internet e publicar 98 links por dia. Vai encher o saco do pessoal. É melhor ser visto como uma pessoa que publica coisas importantes e pertinentes, do que um simples reprodutor de informação alheia.

Por outro lado, a internet está repleta de pessoas e condutas perfeitas. Este é o segundo ponto. Ninguém suporta mais tanta perfeição. As pessoas não erram e não têm problemas na internet, são sempre solidárias, humanas, gratas, sinceras, politizadas, bonitas (mesmo que todas as fotos tenham que ser tiradas do ângulo esquerdo, e postadas com filtro; o #nofilter está na moda, inclusive)… A tendência atual é priorizar as informações não fantasiosas, porque o que as pessoas buscam na internet é encontrar soluções para seus problemas ou saídas para suas crises. Compartilhar medos, insucessos e “imperfeições” pode até criar um grau maior de afinidade com o seu público e gerar mais respeito por parte dele.

Seja Útil

Para finalizar. Já parou para pensar de que forma você é útil para as pessoas? O que você faz é realmente necessário? Se você não conseguir justificar a sua vida, o seu comportamento, como querer que alguém siga os seus passos? A melhor forma de conquistar as pessoas é lhes oferecendo ajuda útil, após ter compreendido suas reais necessidades. Pois, como disse um dos fundadores do Google, Larry Page, só “inventar algo não significa, necessariamente, ajudar alguém”. Para ser eficiente por aqui, é preciso, antes de qualquer coisa, ser útil.

Referências: Globo.com, Livro Start

COMPARTILHAR
Leonardo Faria

Neurocirurgião que atua na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Membro-sócio titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia. Idealizador e CEO da Clínica MeuCérebro.

5 COMENTÁRIOS

  1. Todos que Trabalham com marketing digital sabem como é difícil trazer trafego \ audiência para seu produto , anuncio ou ideia. – fazemos tudo com toda dedicação e carinho – mas depois quando vai ao ar poucas pessoas olham e menos ainda dão like – A Solução – Formula 1000 em 1 – Marketing Instantâneo – 1000 seguidores ou 1000 likes ou 1000 visualizações em seus vídeos – Todos os dias – Por quanto tempo você desejar ? – e nunca pagar nenhum centavo por isso ? Descubra o que só os Experts de Marketing Digital , sabem ( e não compartilham )
    Você pode promover seus Produtos – seus vídeos – e até vender este trafego
    http://sucessomaster.com/milemum
    Facebook , Google Plus , Vine , SoundCloud , Youtube , Instagram , Twitter , Pinterest , Likes Views

  2. Muito bacana, adorei.
    Faz pouco tempo que descobri o meucerebro.com e fico cada vez mais encantada com a qualidade dos artigos – também na internet em geral, não apenas nas redes sociais, encontra-se muita bobagem e pouco conteúdo relevante!

  3. Leonardo,
    Muito bem escrito esse seu artigo
    Depois da avalanche de participantes do Face já se pode notar sua utilidade, sua animosidade e a futilidade que graça nela
    Por outro lado, já ha um volume de textos produtivos, instrutivos,enriquecedores pata todos os gostos
    É muito bom termos comentários como o seu porque o Facebook é uma ferramenta universal, agradável e valiosa demais para ser corrompida
    Nubor Orlando Facure

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here